Google+ Badge

domingo, 28 de julho de 2013

OS NOSSOS CAMINHOS


     Às vezes os caminhos e as estradas são capazes de se virar tão rápido que nós, não nos apercebemos até que algo acontece. Quando vimos que alguém está a cometer os mesmos erros que nós cometemos recentemente, quando nós vemos que eles não se apercebem que a vida é, só ninharias no ar ou passar o dia e  o sonhar a noite. Este é o momento, quando algo é activado dentro de nós, que o movimento involuntário do nosso corpo, quer explodir a nossa mente recebe e faz-nos ficar em estado de choque quando nos apercebemos que esse fato não está bem, que nem vida são ninharias, e que podemos passar o dia a sonhar. Abaixo daquilo que os nossos pés têm,  e o mais fácil será  lutar por aquilo que desejamos e queremos.
    
    Nós não percebemos que algo dentro de nós foi activado, e activou   aquela parte de nós  que estava desactivada pelas circunstâncias, pode ser tarde demais para corrigir-mos  alguns dos nossos erros, mas essa mudança servirá também para que, a partir de uma  certa distância, e de bom  senso comum, podemos apercebe-mos que tudo pode ser fixo, correto, e que não podemos corrigir, porque não é hora de corrigi-lo, ou simplesmente porque o tempo é mais sábio do que o povo. A partir desse ponto de sabedoria nós também percebemos que, eles estão cometendo os mesmos erros, que nós cometemos,  as chances são para pegar, esses erros ,gostamos ou não.  O que podemos escolher e, o que queremos e o que temos para oferecer, porque muitas vezes primeiro tomamos o que nos é dado e podemos desfrutar daquilo que queremos.

    Como sabemos muitas cabeçalhos dá-mos contra a parede,  e continuamos a dar, mas porquê? Porque essa é a vida de aprendizagem, constante e, a constante luta contra tudo o que não devemos fazer, mas nós queremos fazer. Maturidade é a soma de hits que já bateu na parede e suas consequências. O nível de maturidade das pessoas  é não decidir, a seu tempo as nossas acções. Palavras como o vento e, no final, a que os factos que continuam comprometidos para melhor ou para pior. Realizar e corrigir, nunca é tarde para ser negativo. Porque no final de tudo isso, são as voltas da estrada ou dos caminhos que  nós  queremos percorremos.

O CAMINHO

Faz o teu caminho...
 E ama o que tens;
 Não desperdices: 
 O teu lindo amor. 
 Esse lindo amor...
 É algo que não conheces;
E que não vês:
 Mas ninguém tem culpa.
São sentimentos...
 Olhares e pensamentos;
Perdidos  ou encontrados:
Um dia no tempo.
Nesta vida virtual...
 Não se pode culpar ninguém… 
Caminha por novos caminhos;
Caminhos que te tragam verdade:
 E a esse amor que mereces.
Que tornem os teus dias... 
 Alegres e felizes;
 Claros como o sol:
 Que te ilumina.
Voa como um pássaro...
Um voa alegre;
E livre como o mar!

Autor: Santa Cruz