Google+ Badge

domingo, 5 de outubro de 2014

RETALHOS DE MIM



    Ontem quatro de Outubro, faz sessenta e seis anos; que pelas nove horas da manhã, minha querida mãe me deu à luz. Fui bebé e amamentado pelos seios maternos, fui crescendo fui menino, criança, jovem e adolescente, mas muito cedo um homenzinho me tornei. Pois ainda meio criança nem sequer na escola andava e ovelhas, eu guardava e na agricultura trabalhava. Aos sete anos na escola eu entrei. Fizesse sol, chuva ou vento alguns quilómetros a pé caminhava, sempre gostei da escola, por isso nenhum ano chumbei, e ao fim de quatro anos a quarta classe terminei. Fui novamente para agricultura e as ovelhas guardei. 
     
     Já com os meus treze anos a casa dos pais deixei. Para a grande cidade fui, trabalhar na construção civil, o trabalho não era pesado apenas água aos trabalhadores eu dava, depois fui trabalhar para um armazém de mercearias, e aos dezasseis a casa dos pais voltei. Mais foi por pouco tempo; de novo segui rumo para a cidade do Porto, trabalhei na construção civil, fábricas e numa oficina de metalurgia, com dezoito lá vou eu de novo para outro local do País desta vez fui para a Régua trabalhar como ferramenteiro e apontador na barragem de Bagaúste mais conhecida por barragem da Régua, ai fiquei até Outubro de mil novecentos e sessenta e nove.
   
     Já com vinte e um anos feitos fui prestar o serviço militar em Maio de 1970 à Guiné fui parar, estive nos adidos e ao CIM em Bolama fui parar, e conta da estação postal fui tomar, para mais tarde a messe de sargentos ir governar? Por ai fiquei até Julho de 1972. A quinze desse mês a Portugal regrei, e nesse regresso minha amada encontrei, depois de umas férias para o Porto eu voltei e, na construção civil trabalhei. E no fim desse mesmo ano na Policia ingressei, após o vinte e cinco de Abril essa Policia eu deixei. A vinte e quatro de Junho de 1974, novo rumo eu tomei e, no caminho-de-ferro eu entrei. 

     Fui praticante de factor, factor ajudante, Factor de segunda, mais tarde factor da letra A, chefe da letra B e da letra A. A 27 de Dezembro de 1975 eu me casei, a 29 de Setembro de 1976 meu primeiro filho nasceu. Quatro anos mais tarde a 31 de Dezembro de 1980, meu segundo filho nasceu. Em Maio de 1985, deixei Cascais e vim para o Porto. Fui chefe titular da e Estação de Porto Trindade, Inspector do Movimento e Inspector Chefe no Controlo de Circulação chegando ao topo da carreira. Em Outubro de 1990, de novo a escola voltei e cinco anos depois com 14,5 valores 12º ano terminei. 

     Em Novembro de 2003, como Ferroviário minha carreira terminei, e com 55 anos me reformei, como não tinha nada que fazer novamente para a escola voltei e, com 14 valores o curso de Teologia acabei. Fui coralista, catequista, acólito, ministro da comunhão e, a 8 de Dezembro de 2010 foi a minha Ordenação a Diácono, três dias depois meu filho mais velho casei e o meu príncipe baptizei. Sou Diácono faço casamentos, baptizados e funerais e outras coisas mais. Por agora e ao fazer 66 anos de idade, termina por aqui os retalhos de mim. 

    
Retalhos
    
Mudo e sigo os meus passos lentos…
A luz penetra na parede rasgada;
Em desenhos estranhos que sinto;
E a escuridão me consome.
Nunca me dispo nas sombras…
Não deixo que envolva a minha pele;
Convido a parede abrir o seu corte;

Para me esquivar sem ser ouvido.
Sem parar lento nos meus próprios passos…
Uma outra boca me sussurra;
Que devo permanecer no meu espaço:
Assim deserto tolero o impuro.
E soberbo o seu gosto amargo e doce…
Eu espero.


Autor: Santa Cruz

@reservado o direito do Autor