Google+ Badge

domingo, 7 de setembro de 2014

CARTA A UMA JOVEM



  Daniela! Escrevo esta carta com as lágrimas dos teus lindos olhos, mas como essas lágrimas não chegavam, juntei ao lágrimas dos meus olhos, que chorei quando li o teu lindo poema. Fizeste-me pensar o que, te levou a escrever aquele poema, mais me pareceu que tu já me conhecias há longos anos, não te fiz nada demais, apenas não gosto de ver ninguém a chorar e principalmente uma jovem como tu, só te queria ver feliz junto de tua mãe, mas como são lindas essas tuas saudades dos teus pais.
  
     Fico eternamente grato, pela simpatia e carinho com que me descreveste naquele poema, não sei se merecia, mas só tu, e tu mesmo a que sabes. Serei sempre teu amigo, se tu assim o quiseres, apenas quero que sejas sempre amiga dos teus pais, e que essas saudades que tu sentias pelos teus pais, por teres estado dois dias no acampamento, sejam saudades de amor e carinho pelas pessoas que te trouxeram a este mundo lindo e belo por Deus Criado, mas por vezes um pouco cruel.

    Peço do fundo do meu coração, para seres uma menina sempre amiga dos teus pais, e dos teus amigos que te rodeiam, sejas eles da tua idade ou mais velhos, porque a amizade é a coisa mais bela que há entre os seres humanos, nunca te esqueças, que fazes parte de um grupo de escuteiros, aonde o seu lema é serem amigos e companheiros uns dos outros, serem amigos da natureza que Deus criou, e o homem por vezes põe tudo em causa, ignorando a beleza dessa natureza, e o bem-estar que a mesma nos traz. 

AMIZADE   

Daniela!
Amizade é a doce Fragrância;
Das flores da minha vida...
Que perfumam a minha alma:
E guardo no meu coração.
Amigos são aqueles que não têm rosto...
Mas têm sentimentos e alma;
E são simplesmente amigos:
Com um doce coração.
Daniela!
Amizade é a coisa mais bela…
Que há entre as pessoas;
Que a nossa amizade seja bela e verdadeira:
E que seja eterna pela nossa vida inteira.

Autor: Santa Cruz

@reservado o direito do Autor