Google+ Badge

domingo, 4 de maio de 2014

MÃE QUERIDA


  

Mãe você deu-me a vida e ensinou-me a vivê-la, a revolver os problemas, os medos, me deste as tuas mãos fazendo acalmar o meu coração. Muitas vezes! Mãe, foste para mim Pai, amigo, irmã, companheira das brincadeiras. Sempre davas um jeitinho de poder- me acompanhar. Segurastes as minhas mãos, e me mostrastes o caminho a seguir, hoje sei como sofreste quando enfim soltou-me as mãos para eu seguir em frente. Hoje sei que aplaudes meus sucessos, te entristece com meu pranto, sei também que sempre estavas e ainda estás de braços abertos à minha espera. 
Mãe hoje quero-te dizer do fundo do meu coração, peço a Deus que te tenha no eterno descanso, nas minha orações não me esqueço de ti e de meu pai também, queria dar-te um abraço e muitos beijinhos, pelo meu amor e gratidão que tenho por você. Apesar de saber pergunto a Deus porque permite que as mães se vão embora? Mãe não tem limites, nem tempo, nem hora, é luz que não se apaga, quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, e puro pensamento. 

Mãe! Morrer acontece com o que é breve, e passa deixando vestígios. Mãe, a sua graça, é eterna. Porque Deus se lembra do mistério profundo e um dia tirou-te de mim? Se eu fosse o Rei do Mundo, fazia uma lei: Mãe nunca morre, Mãe fica sempre junto dos seus filhos e eles, embora idosos, serão pequeninos feitos grãos de milho. 


QUERIDA MÃE

Mãe! Hoje quero dizer-lhe…
 Um segredo muito especial: 
Apesar de já teres partido;
Eu amo-te e adoro-te! 
Também sei que, no seu coração…
 Continuar a brotar para sempre;
 Um gesto novo de amor e carinho! 
 Mãe! Você é capaz de esquecer…
 Os seus sofrimentos e dores;
Só para me ver feliz! 
Hoje, quero escrever para você…
O mais belo poema;
Quero pedir ao meu Deus:
Que tenha no eterno descanso,
A criatura mais bela e encantadora:
Que me deu a minha vida.
Guarda no teu Reino Senhor…
A mãe mulher e amiga;
Porque foi para mim:
O maior bem da minha vida.


MÃE


Olho para o céu aberto…
E contemplo o grande tesouro;
 De paz, sabedoria, paciência, bondade:
 De ternura e acolhimento,
Que permeia o seu ser mais belo;
Que é a minha querida Mãe.
Mãe! Você me fez crer...
 Que esta vida vale a pena ser vivida;
 Quando a mesma é entregue por amor! 
 Quando a vida começa a ficar mais difícil, 
Penso em você querida Mãe. 
Logo surge uma nova esperança…
E o meu olhar começa a brilhar;
Você apesar de ter partido ainda espera:
 De braços abertos os filhos e a filha.
 Porque precisam do seu aconchego…
 Da sua compreensão e carinho,
 Como se fosse a primeira vez. 
Mãe! Presente de Deus na minha vida…
Mãe! Recebe beijinhos e abraços;
Com todo o meu carinho! 
 Gostaria que o meu agradecimento:
 Soasse mais forte todos os dias,
 Mãe! Porque hoje, e sempre é o seu dia.
  

BELEZA DIVINA


Mãe! É beleza divina…
É ter um ventre abençoado;
Para receber com todo amor:
O filho que nele será gerado. 
É amar sem fronteiras…
Pelo seu instinto aflorado;
É viver intensamente,
Pelo seu filho tão amado. 
Nem os vê e já os ama…
Esses pedacinhos de gente;
Que transformam a sua alma:
Mesmo quando ainda estão, 
No seu Divino ventre.

Autor: Santa Cruz (Diácono Manuel Gomes)

@reservado os direitos do Autor